sexta-feira, 1 de novembro de 2013

...

Ontem ao ver o Nicolas Maduro - com um ar absolutamente lunático no seu casaco de fato de treino colorido à anos 80 -  a falar da aparição da cara de Chávez numa parede do metro, achei que aquilo era tão provável como aqueles casos de pessoas que juram que a imagem de Cristo lhes apareceu num bocado de torrada queimada ou no bolor que se formou no queijo.

Sem comentários: