domingo, 4 de novembro de 2012

...

Quando o assunto finalmente começa a esmorecer lá me lembro do absurdo desta situação, mais um exemplo do estado de imbecilidade para ao qual caminhamos. A RTP2, cujo fim vi gente que não achava ser tão estúpida quanto isso aplaudir, esteve a dar o " The Shining" e agora passa o "2001: Odisseia no espaço". A concorrência, aquela que não é destinada à meia dúzia de intelectuais que via a RTP2 com regularidade, dedicou o seu espaço de antena a variadas telenovelas e aquele reality show magnífico onde porcas e burros, em afronta à genética, fornicam.

1 comentário:

Rachelet disse...

A RTP2 é o único canal de sinal aberto que consumo. (Ok, tirando o "Portugueses pelo mundo" que dá na 1 quando querem tapar buracos, sem qualquer critério de coerência de horário e programação, como é apanágio da 1.)

Antes dos 2 Kubricks, em sábados anteriores, passou um ciclo de filmes franceses bem jeitosos, alguns pouco menos de um ano depois de terem saído do cartaz dos cinemas nacionais.

Além disso, para quem não tem acesso a canais em sinal fechado, é o único canal que passa séries de jeito, em horários não proibitivos para a maioria das pessoas que trabalha e tem de se levantar cedo.

Mas é esta a população que estamos a educar assim: consumidores de lixo, que não sabem reconhecer qualidade quando lha dão de mão-beijada. (E atenção, que também assumo que papo muita trash tv, mas pelo menos não é nos canais públicos.)