sexta-feira, 21 de setembro de 2012

...

C*ral*os fod*am os caloiros. Durante o dia estou no escritório e oiço dia inteiro canções ordinárias e urros guturais. À noite estou a tentar dormir e oiço canções ordinárias, urros guturais e jogos de bebidas. Entraram na faculdade e então? Quem não entra? 

4 comentários:

Izzie disse...

Se já estás irritada, não passes no jardim do Arco do Cego. O estado em que aquilo está, a lixeira em que os estudantezinhos do técnico o transformaram, é de me fazer espumar da boca. Bando de selvagens (também os oiço todo o dia, de noite já não, felizmente)

Mariam disse...

Idem nos Restauradores.
Telheiras, durante a noite, é pacífico.

J. disse...

E o mais bizarro é ver depois a diferença de estados de espírito: entram na faculdade e estão eufóricos; saem e estão deprimidos. É o ciclo da vida actual

Ana disse...

Imagina eu que vivo em Coimbra.