quinta-feira, 5 de julho de 2012

...

O hábito é o arqui-inimigo do amor. Não porque o hábito mate o amor mas sim porque nos impede de admitir que ele já possa ter morrido.

2 comentários:

Anónimo disse...

Verdade. Neste blogue, encontro sempre alguma ideia com a qual me identifico, que diz aquilo que eu também sinto ou penso.

Flipflop de Morango disse...

Pura verdade.