terça-feira, 26 de junho de 2012

Das dúvidas que me assombram em vésperas decisivas

E se os fantasmas existirem mesmo?

4 comentários:

Piston Cabeça disse...

Escolhem as casas com moças sozinhas para divertimentos nocturnos variados.

Mimi disse...

Nunca deixei um comentário em nenhum blog por onde tenha deambulado. É uma estreia... Não me lembro de como aqui vim parar. Recordo vagamente ter lido um post qualquer e ter guardado nos favoritos para mais tarde. O mais tarde foi hoje e deu para o tarde... Li do fim para o princípio, ou do actual para o passado, se bem que a linha é ténue... Ininterruptamente, não fosse o facto de ter me levantar para preparar e dar o biberon a um bebé que nem sempre me dá tréguas. Não terei um bom acordar, porque me restam poucas horas de descanso. Mas foi uma boa troca. Fica nos favoritos por algumas boas e variadas razões...

Anónimo disse...

Se existirem e forem do mal, é preciso combatê-los. Se existirem e forem do bem, é preciso aprender a coexistir com eles.

Johnny Guitar disse...

A boa notícia é que já sabes quem chamar.