quarta-feira, 20 de junho de 2012

...

Hoje eu e a minha amiga N. estavámos a ter uma conversa depressiva pelo chat do Facebook enquanto mandávamos vídeos uma à outra de música cheesy dos anos oitenta. Eu sou como sou e pode-se perceber por aqui, uma cínica e azeda de primeira, gabo-me do meu gosto impecável e da minha imunidade a qualquer coisa que seja "assim-a-assim". A minha amiga, logo por ser minha amiga, é uma personagem no sentido bom da palavra. Talentosa, artística, gira no seu estilo vintage conjugado com casacos de pélo roxo comprados nos online sales da TopShop e que só ficam bem a ela e a alguns drag queens. Ligação leva a ligação e fui parar à cena final do Dirty Dancing. Ainda estava o Patrick Swayze a dar o beijinho  no nariz da Baby, logo no início, e eu já estava a pensar "aaawwwww". Claro que quando ela vai a correr e ele apanha-a no ar (ver foto),  estou eu com um sorriso idiota estampado na cara e lagriminha no olho, só da antecipação. Aí tive de admitir para mim mesma "oh, não passo de uma bimba como outra qualquer e vou voltar a lixar-me por causa do amor".

Sem comentários: