terça-feira, 1 de maio de 2012

...

«Não sei porquê, a operação não resultou - esta iniciação ao vácuo de pertença. Talvez eu fosse, logo à partida, demasiado excêntrica. O que faziam esses escolhidos botões de rosa do mulherio americano nas reuniões das suas irmandades? Comiam bolo; comiam bolo e faziam comentários maldosos sobre os rapazes com quem saíam no sábado à noite. O privilégio de ser alguém exibia a sua outra face - a pressão de ser igual a toda a gente; isto é, a ninguém».

América! América! - Slyvia Plath

1 comentário:

Anónimo disse...

Cda vez mais atual.