quinta-feira, 5 de abril de 2012

Oh God

Acabei de sair de uma reunião com um daqueles sujeitos asquerosos, super dinâmicos e proactivos, que gesticulam muito, porreiraços, com eles só facilidades num discurso cínico cheio de armadilhas, duplo-sentidos e ameaças implicitas que - deus mande à terra uma praga que extermine de vez esta espécie - falava de si próprio na terceira pessoa.

1 comentário:

Anónimo disse...

E agora imagina ter um pseudo-patrão assim... Eu já o tive. Que seja extreminado. Amen.