sexta-feira, 23 de março de 2012

Hoje não estou para grandes considerações mas...

Não há frase mais libertadora do que uma das últimas atribuídas a Cristo "Pai perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem". Se tivesse sido proferida por uma personagem do Joyce, teria bem mais impacto perante vocês eu sei. O perdão é overrated nesta sociedade filha da puta, onde o que interessa é aquela ideia tacanha de ficar por cima, de não deixar ninguém a rir-se ou a fazer de nós parvos, onde para evitarmos isso vendemos todas as nossas noção de moral, numa de retribuição equitativa, olho por olho, dente por dente. Acabei de fazer isso e sinto-me uma merda. Gostava de ser bem mais iluminada mas por agora só ambiciono a isso, a ser capaz de não magoar só porque fui magoada. Ainda não sou capaz de perdoar e contudo preciso tanto de ser perdoada.

Sem comentários: