quinta-feira, 29 de março de 2012

Dias

Há dias que acabam mais tarde do que deviam. Contudo, dá-me um certo consolo quando é como hoje, quando ando todo o dia à beira do precipício de um esgotamento nervoso mas no fim, no fim, chego a casa à meia-noite, tomo banho, faço chá e torradas, permito-me a respirar (já nem me lembrava da última vez que o tinha feito) e  sinto-me invencível.


2 comentários:

Timido disse...

Isso é de facto das melhores sensações que existem...
É muito compensador a sensação que temos depois de uma maratona de trabalho intensivo... Depois de vários dias a dormir 2horas por noite, a comer mal e a más horas, com os nervos em franja, com o organismo totalmente alterado da adrenalina necessária para finalizar a tarefa até chegar ao fim e voltar com a sensação de missão cumprida... De custou mas foi...
Pensar que não voltamos a fazer estas maratonas, mas a verdade é que tudo é temporário, e quando aparecem novos desafios que nos obrigam a isso lá estamos nós outra vez para as curvas...
Também são esses desafios que nos motivam a tentar sempre bater os nossos limites...

pseudodivorciada disse...

Há um tempo que é só nosso, muitos vezes camuflado pela vida...