domingo, 25 de março de 2012

...

 Há pouco, através do meu sempre rídiculo - descarado - lamentável - mas bem sucedido - hábito de ouvir conversas alheias enquanto finjo escrever sms, escutei a seguinte conversa, travada entre duas miúdas nos seus vinte e poucos:

«É assim, nem imaginas a minha cara! Tipo, mal chego ao Urban ela estava lá  com a blusa vestida....E tipo, durante a semana, encontrámo-nos na esplanada da faculdade e eu estava com a minha vestida e ela com aquele ar super cínico dela, "Martaaa, estás tão giraaa". E passados uns dias, está com a blusa IGUAL no Urban...Passei-me mesmo..."
«Mas qual é a blusa?»
«Opá, aquela nova, já da nova colecção da Zara, preta com a parte de trás mais comprida»
«Muito mau».

Lição para as meninas: quem compra na Zara não pode exigir exclusividade.

1 comentário:

Timido disse...

E principalmente não deve dizer onde compra...
A menina não pode estranhar depois dessa conversa toda que esta amiga também vá à Zara comprar uma blusa igualzinha à dela...