sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Das coisas que me remetem para um discurso interior cheio de alhos

Aquelas pessoas, normalmente mulheres, que à nossa frente no MB em plena hora de almoço vão com um cartão MB e tiram o extracto. Depois arrumam esse, tiram outro de um outro compartimento da carteira XL e pagam uma factura. Depois arrumam esse, tiram outro e carregam o telemóvel com cinco euros. Ah o que eu gosto das pessoas que têm dificuldade em assumir que não são ricas.

2 comentários:

Fuschia disse...

O meu problema com essas pessoas começa e acaba no facto de não arranjarem melhor altura do que a hora de almoço.

K disse...

Fazes como eu. Chegas assim muito perto e dizes: Isto é um assalto! vais ver como se despacham.