quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

É muito simples...

Deixei de beber café. Curiosamente voltei a ter insónias. É claro que isto não faz sentido nenhum porque não há uma correlação entre um facto e o outro. É mesmo assim que as coisas funcionam: a paixão tem a necessidade de contrabalançar tudo aquilo que nos acrescenta à nossa existência estupidificada e para tal leva o apetite, o juízo, o ar. O sono.

Sem comentários: