quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

...

Gosto de pensar que a vida já me preparou para lidar com um leque variado de situações melindrosas mas de vez em quando lá sou posta à prova. Hoje, tentava manter-me séria e concentrada a falar com um cliente quando na verdade debatia-me numa feroz luta interior para evitar olhar para o nada subtil capachinho que o senhor tinha.

1 comentário:

Sara disse...

Ora aí está um exemplo que ilustra bem uma daquelas situações para as quais nada nos prepara. O rídiculo dos outros exposto perante nós (pessoas em geral e gente sarcástica em particular) numa situação profissional e/ou de alguma cerimónia pode ser uma verdadeira tortura. É mais ou menos como estar alguém a fazer-nos cócegas e nós não podermos rir.
By the way, voltei a escrever parvoíces no http://www.seriously-blogging.blogspot.com, mas não te preocupes que não sou (nem de longe) concorrência à tua altura.;)