quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Acontecimentos recentes fizeram-me adoptar uma postura revisionista do meu ex e com a lembrança das qualidades - agora percebo - tão raras que me ajudaram a apaixonar-me daquela forma tão desmesuradamente estúpida por ele, vieram outras vezes as saudades filhas-da-puta.

3 comentários:

Sofia disse...

Ui! Danger, danger...

RBM disse...

:/

Sara disse...

Essa visão revisionista não leva a lado nenhum, mulher... O problema não era a falta de qualidades, mas o excesso de defeitos que era claramente dominante. You can do much better, honey. De Christian Bale para cima! ;)