terça-feira, 9 de agosto de 2011

Porque é que não leio (quase) blogs femininos?

Porque fatalmente terminam num dos dois tipos de buracos negros. Ou temos uma tipa que se acha boa, a pôr fotos dos conjuntos que usa no dia-a-dia e nos casamentos a que vai (normalmente feios) que fala de como está viciada numa série cujo público alvo são adolescentes de 16 anos, que conta os episódiozinhos passados com o namorado no supermercado e que de vez em quando, passa-se da cabeça e tenta parecer aquilo que não é e lá faz um post sobre um tema qualquer da actualidade e aquilo sai inevitavelmente mal, e então eu fico mesmo muito embaraçada e percebo que para embaraços bastam-me aqueles que são meus e que não devo tolerar os de terceiros. Ou temos uma tipa que se acha boa e muito engraçada, quando na verdade grande parte das piadas que faz têm de ser obrigatoriamente picantes, com mais innuendos sexuais do que uma letra do Quim Barreiros, para mostrar que é assim desinibida e moderna, sem resquícios de uma educação católica. Estas não gostam de homens a não ser para sexo mas mais cedo ou mais tarde ficam sempre na merda porque se apaixonam. Ou então têm um namorado que tratam com condescendência e vão para o blog devassar a vida privada deles com histórias embaraçosas da vida conjugal. Estas não têm problemas de falar em temas tabus, como a flatulência, enfim que é poético seja lá para que pessoa abordar. Depois de uma breve visita por blogs dos dois géneros penso em como podem os homens continuar a gostar de mulheres, se a grande representatividade cai nestes géneros. A seguir, fico consciente do nível da maioria esmagadora dos homens e então fico esclarecida.

3 comentários:

Isa disse...

Muito bom, eu não diria melhor :P
Bjo

Sara disse...

Tens tanta razão, que chega a ser deprimente (por elas e por eles)!

clara disse...

Acho que existem muitos mais generos.
Tenho quase quase a certeza.
Não sei é se os homens gostam de mais alguma coisa.
Também tenho quase quase a certeza que não.