segunda-feira, 4 de julho de 2011

Uma questão de passadas

Nunca duvidei do gosto, mas sempre desprezei os homens que andavam atrás de mim. O único a ter hipótese, foi aquele que estava dez passos mais à frente e obrigou-me a uma corridinha.