sexta-feira, 8 de julho de 2011

Tinha uma amiga que se desculpava por não ir ao ginásio, por se sentir demasiado consciente com o corpo dela. Tive de lhe explicar que o truque era ignorar as mulheres que estão melhor do que nós e concentrarmo-nos nas que estão piores. Estas, simultaneamente afagam-nos o ego "porra, afinal até não estou mal!" e motivam-nos "porra, deixa-me cá aumentar a velocidade se não fico com a celulite a notar-se através das calças como aquela ali".

Sim, sou uma cabra que não reconhece aquela coisa chamada "solidariedade feminina". Sim, noto perfeitamente os resultados do treino em mim. E pela mensalidade que pago, desculpem lá, é isto que me interessa.

Sem comentários: