terça-feira, 26 de julho de 2011

O problema não é meu, é genético (ou de como todas as mulheres da minha família são loucas)

A minha prima J. de 17 anos mete conversa comigo no Facebook e travamos o seguinte diálogo.

J - Entãaaaaooo já te casaste?
Eu - E não te convidava para o casamento?
J - Sim ficava muito ofendida se isso acontecesse, essencialmente porque perdia o copo-de-água.
Eu - Só por causa dessa, quando for o casamento aviso o empregado "olhe aquela menina ali é para ter sempre o prato cheio, até ela vomitar porque não consegue ver mais comida à frente,  mas não ligue continue a encher".
J - hahahah!
Eu - Mas deixo-te apanhar o ramo de flores, combinamos um sinal, eu pisco-te o olho e sabes a direcção em que vou atirá-lo. E depois o teu namorado fica todo envergonhado e fartamo-nos de rir.
J- Não tenho namorado.
Eu- Tens de arranjar, fico muito ofendida se não levares namorado ao meu casamento.
J- Só se for um gajo de 40 anos que conheça através de um anúncio de jornal.
Eu - ........ J. se fores ao meu casamento com um homem de 40 anos pago-te umas férias onde quiseres! Mas tens de espalhar o rumor que ele é casado e tens dois filhos!
J - ..... tipo, umas férias onde eu quiser?!

2 comentários:

Sara disse...

Juro que seria a melhor boda de sempre.lol Genetics rules! :p

Martine disse...

AHAHAHAHAH :)