terça-feira, 19 de julho de 2011

Nos dias em que estou bem disposta como hoje, dou por mim a fazer logo pela manhã, figuras rídiculas. A cantar música foleira tipo o "La isla bonita" da Madonna, ou o "Alejandro" da Lady Gaga, enquanto seco o cabelo, cujas letras inexplicavelmente sei (não, nunca me conseguirão retirar a confissão que tenho coisas destas no meu iPod. Se conseguirem, obviamente vou dizer que é giro para ouvir no ginásio, porque é mexido e tal e uma gaja quando está a lutar pela tonificação corporal ou se concentra nisso ou em ouvir boa música.). Vá, prometo que logo, depois de oito horas em contacto com a estupidez humana em bruto, venho com um post deprimido. Toda a gente tem a sua missão terrena e eu estou consciente que a minha é deixar os outros mais felizes com a vida que têm, relembrando-os que há gente que se sente mais miserável no mundo.

Agora até me despedia, com um "até logo pequenos póneis!" mas já se lembraram disso antes de mim, e pensando bem os pequenos póneis eram os meus desenhos favoritos e por muito que goste de vocês (gosto) ainda não são tão importantes para mim, como eles foram.

6 comentários:

Piston disse...

A isto chama-se "pedrada natural".

RBM disse...

Sim, Pequeno Pónei Piston (achei giro chamar-te isto, é uma aliteração, percebes, soa bem.)

Piston disse...

Nunca contrariar pessoas com uma saúde mental precária.

Sara disse...

Esses pequenos guilty pleasures a que nos damos nos dias de boa disposição são do melhor que há e ninguém se atreva a dizer o contrário (mesmo que as músicas sejam foleiras e saibamos as letras de cor, "sem querer" :p)
É realmente uma pequena que a lindissima forma de tratamento "pequenos póneis" já esteja em uso por esse grande vulto que tão bem conhecemos... Mas porque não inovar? Sugiro "ursinhos carinhosos" ou "moto-ratos de marte".:D

Sara disse...

Onde se lê "pequena", deveria ler-se "pena", obviamente.:P

RBM disse...

HAHAHAHAHAHAH!

(moto-ratos de marte, mataram-me)