segunda-feira, 11 de julho de 2011

A falência de Kübler- Ross

Negação. Cólera. Raiva. Negociação. Depressão. Aceitação. O que no padrão normal se experimenta em fases eu vivo num dia, é por isso que o luto não resulta comigo, não dou tempo para amadurecer. Terminou agora à meia-noite com a perspectiva da cama amiga, mas amanhã às oito desperto e penso "Não, mais um dia assim, não". Depois arranjo-me, resmungo com quem me passa à frente no metro, tenho o primeiro pensamento venenoso do dia. Lá para às doze, já fervilho de nervos, já preparo o insulto, a provocação, as primeiras lágrimas teimam em aparecer de inquietação e eu disfarço com bocejos, enquanto de forma calculadamente perniciosa deixo escapar as primeiras barbaridades. Depois arrependo-me, "não era bem isso que queria dizer, se fizer isto, pode ser que...", sempre estúpida, um discurso idiota e vazio de quem tenta solucionar o irremediável, de vendedor que tenta impingir uma máquina que sabe bem que é uma merda e que nem a ele próprio consegue convencer da qualidade. Falha-se. Chora-se de novo, agora de tristeza e sem tentar disfarçar, é a hora dos "porquês", dos "não mereço", de questionar com as mãos erguidas para o céu "Porque me abandonaste, Pai?!", dos estrangeiros nos transportes, combalidos, me estenderem lenços de papel. Que num misto de lata, vergonha e educação, aceito. Chego a casa, petisco sem apetite, leio as notícias, os estropianços, a Moody's, os grupos no Facebook a combinar à mesma hora deitar abaixo o servidor da Moody's, rio um pouco com o disparate e penso no cansaço, o cansaço dá cabo de cada um, afinal nem tudo está mal, estamos em Julho, 2011 ainda tem muito para dar, vai tudo ficar bem, caminha, amanhã o dia vai ser bom. Lavar os dentes, beber um copo de água, respirar fundo. Repetir, amanhã vai ser melhor. Ronronar com a expectativa, os lençóis lavados e um dos gatos em cima dos pés.

Às oito, o despertador toca e penso...

2 comentários:

Isa disse...

O problema dos bloggers bons é serem bons. E o raio da miúda é boa, pá...

RBM disse...

És demasiado simpática :)