sexta-feira, 1 de julho de 2011

Exemplo prático para explicar porque é que pessoas como eu, nunca serão felizes

Hoje encontrei uma nota de vinte euros no chão. Frutos de quem anda com a cabeça a pesar para o centro da terra. Peguei nela, bem dobradinha e recém-caída de uma carteira descuidada qualquer e continuei o meu caminho para o trabalho. Cheguei lá e como não tinha nada mais para dizer, contei a ocorrência a uma colega que entusiasmadamente me diz "boa, já podes ir jantar fora este fim-de-semana". Ao que eu enfadadamente respondo, "Oh a semana passada é que me tinha dado jeito que estava aflita, agora que já recebi."

[puta de ingratidão, é por estas e por outras que Deus me goza.]

Sem comentários: