quarta-feira, 15 de junho de 2011

Sempre que ia a alguma entrevista de emprego e tinha de preencher algum formulário daqueles de inscrição para uma posição qualquer, antecipava o momento em que me perguntariam como me defino. Nunca percebi porque perguntam isso se toda a gente responde o que acham que os possíveis empregadores querem ouvir. Assim, sempre que chegava essa altura criava-se em mim uma épica batalha interior para não responder:


EU? PASSIVA-AGRESSIVA.

Sem comentários: