quinta-feira, 30 de junho de 2011

Eu não me apaixonei por ele, porque ele era «tudo o que eu procurava e queria». Apaixonei-me por ele porque ele era tudo o que eu não procurava e sem saber queria. E como todo o pugilista dirá, ninguém se consegue levantar de um murro que não se espera e nos deixa KO.