segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Se fosse uma pessoa que ligasse a essas coisas estava muito contente pelos outros. Os outros seriam a Natalie Portman e o Christian Bale, que são respectivamente, a actriz e actor com que mais simpatizo e que, por coincidência, são também os dois espécimes mais bem parecidos de cada género que andam pela indústria cinematográfica. Giros e talentosos - e por onde andam pessoas destas na realidade dos comuns mortais, pergunto eu sem ninguém que me responda. Porque nem tudo é bom, "Black swan" revelou-se uma treta esquizofrénica, boa para os tarados do costumes que fantasiam com lésbicas disfuncionais, e o "The fighter" conseguiu a proeza de me aborrecer só com o trailer. "The king's speech" is enjoyable. Just enjoyable.

Sem comentários: